Dicas

Ela fazia lanches saudáveis para os filhos e hoje fatura R$ 40 milhões com rede de alimentação no RJ | Mulheres Empreendedoras


“No início, era tudo feito na minha loja própria, mas chegou um momento em que eu não conseguia mais atender a todas as unidades com a minha cozinha. Quando abri a primeira fábrica, precisei adaptar os produtos para uma escala industrial, mas sem perder o toque caseiro, que para mim é essencial”, aponta a empreendedora, que afirma que, com exceção do açaí, nenhum produto do cardápio é feito com o auxílio de maquinários de alta produção.



PEGN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo